2014-12-08 14.48.30

Hugh McLeod: comecei a acompanhar suas charges antes de descobrir que eu mesmo começaria a desenhar.

Gosto do seu estilo livre de desenho, muitas vezes abstrato e sem noção. Começou desenhando no verso de cartões de visita e hoje vende seus quadros inspiracionais para grandes empresas, com mensagens diferentes e desenhos, o que faz toda a diferença. Ele é um dos maiores exemplos de uso de visual thinking que conheço!

Minha grande lição com ele é:

Fazer do meu estilo. Não existe qualidade, bom/ruim, certo/errado. Não preciso de um traço limpo para desenhar, nem publicar, nem mesmo vender! Basta uma mensagem coerente.

 

Dicas de conteúdo:

 

Que tal deixar um rabisco aqui para a posteridade? :)

 

Esta primeira série termina por aqui. Aqui estão as postagens anteriores:

Seth Godin

Austin Kleon

Pat Flynn

Steve Kamb

O que achou? Que sugestões você tem para a próxima série de posts? A conversa segue nos comentários!